Menu

Agricultura 4.0 – A revolução agrícola

Agricultura 4.0 – A revolução agrícola
5 months, 3 weeks ago Comentários fechados em Agricultura 4.0 – A revolução agrícola

A agricultura têm vindo a evoluir tecnologicamente, ficando cada vez mais digital, acompanhado uma tendência dos restantes sectores económicos.

Um futuro cada vez mais global caracterizado por uma completa digitalização dos fluxos económicos. A transformação digital deu lugar a uma nova realidade que mudou as práticas das empresas, melhorando a competitividade.

Atualmente o mercado agrícola apresenta níveis de crescimento económico muito elevado, transformando-se num dos principais sectores da economia mundial.

Com o crescimento da população global permanente, a procura de alimentos vai aumentar muito rapidamente, criando assim vários desafios e oportunidades na produção de alimentos, potenciado este sector como um dos mais seguros e rentáveis em termos de investimento, apetecível para investidores das mais diversas áreas e com grande potencial de melhoria em termos de inovação.

Tendo em conta que dois terços da água usada pelos seres humanos vai para a agricultura e esta representa a maior proporção de uso da terra, torna-se importantíssimo que a revolução 4.0 passe também por uso de produção mais sustentável, com o objetivo de reduzir o impacto da agricultura sobre o ambiente. Uma revolução agrícola caracterizada por uma necessidade global de melhoramento dos processos de produção, tonando-os mais eficientes.

A agricultura ainda não atingiu todo o seu potencial em temos tecnológicos, mas têm evoluído, muito por causa dos resultados que comprovam largamente os investimentos ligados à transformação digital. Uma evolução que traz um beneficio global, proporcionando um significativo impacto social.

A agricultura 4.0, já apresenta resultados positivos, usando tecnologias que permitem acompanhar tudo o que acontece no campo e possibilitando ver as suas vendas em tempo real para todo o mundo e implementando estratégias de marketing digital para o seu sucesso, obtendo uma otimização da atividade e ganhando assim recursos financeiros para serem reinvestidos.

Mesmo com dados comprovados dos benefícios gerados com esta revolução, existe ainda muita resistência em implementar os processos, muito por falta de conhecimentos das oportunidades geradas e também por receio em utilizar estas tecnologias.

A revolução da agricultura 4.0 chegou e veio para ficar e o seu impacto já se faz sentir por todo o mundo. Portugal e os seus agricultores são os principais impulsionadores desta revolução e tenho a convicção que no futuro vamos ter empresas nestas áreas em destaque no mercado global. No futuro da economia global a agricultura vai ser dos principais sectores de crescimento e de inovação.

Fábio Jesuíno